Escolha uma Página

Cervejas Artesanais Aroma da Serra

Como são produzidas as Cervejas Artesanais?

Inicialmente todo o malte é moído.
Depois na Tina de aquecimento, elevamos a temperatura da água até 48°C e através do comando de válvulas bombeamos essa água pré aquecida para tina de mostura.

Nessa tina, adicionamos o malte já moído na água que através de rampas e patamares de temperatura, Conseguimos extrair os açúcares e demais substratos os quais darão a cerveja, o “corpo” e o teor alcoólico.

Esse líquido agora já denominado como mosto cervejeiro, então é transferido para a tina de Fervura e aguarda uma outra água a qual passará também pela tina de mostura com a função de fazer uma lavagem no malte através de um processo mecânico de recirculação a fim de extrair alguns açúcares residuais ainda remanescentes do processo anterior, posterior a isso transferimos esse líquido para a tina de Fervura, feito, agora já com todo o volume de mosto na tina de fervura, elevamos a temperatura até o ponto de ebulição. Nessa etapa adicionamos os lúpulos que darão as características de amargor e de aroma na cerveja, além da completa esterilização de todo o produto.

Após essa etapa resfriamos o mosto a aproximadamente 27°C com o auxílio de um chiller de placas e transferimos para um Fermentador previamente esterilizado e adicionamos o fermento responsável pelo caráter e pelo sabor da cerveja além de metabolizar os açúcares do mosto, que é o responsável pelo teor alcoólico da cerveja.

No fermentador também através de variadas temperatura a cerveja passará pelos processos de fermentação, maturação e carbonatação. Terminado todas essas etapas a cerveja ou é engarrafada ou e acondicionada em barris.